Sindiserviços-DF apoia o protesto nacional contra os assassinatos do indigenista Bruno e o jornalista Dom na selva amazônica

| 0

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Oliveira Silva

Para responsabilizar todos os envolvidos no assassinato do jornalista Dom Philips e o indigenista Bruno Pereira, a presidente Maria Isabel Caetanos dos Reis, o diretor de Assuntos Jurídicos, Raimundo Conceição Mascarenhas Filho, e o diretor de Comunicação e Imprensa, Antônio de Pádua Lemos, do Sindiserviços-DF – sindicato que representa as trabalhadoras e os trabalhadores terceirizados no DF, apoiaram na manhã dessa quinta-feira 23, o Ato Nacional e Greve dos Servidores da Funai – Fundação Nacional do Índio.

Organizado pela Condsf/Fenadsef – Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal, Ansef – Associação Nacional dos Servidores da Funai, e INA – Indigenistas Associados, o ato contou com o apoio e participação de diversas comunidades indígenas, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), seus sindicatos e entidades filiadas, parlamentares e representantes de vários outros segmentos e entidades sociais.

Em suas manifestações, lideranças indígenas, entidades e parlamentares, cobraram providencias urgentes das autoridades contra o brutal assassinato e destacaram que existe uma ampla cadeia do crime organizado instalado no Vale do Javari/AM envolvidos com pesca predatória, tráfico de drogas, desmatamento ilegal, grilagem de terra, exploração ilegal de garimpo, comercialização de madeiras e bens naturais da selva amazônica brasileira.

A manifestação, organizada também em todo o território nacional, teve a finalidade de protestar contra a atual direção da Funai, a falta de fiscalização na selva e atuais políticas nefastas do Governo Federal.

https://www.facebook.com/Sindicato-dos-Trabalhadores-Terceirizados-Sindiservi%C3%A7os-DF-100602282684702

https://www.facebook.com/SindiservicosDf/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 − 3 =