Terceirizadas lactantes na SES-DF vão entrar em greve por salários

postado em: Notícias | 0

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Oliveira Silva

As 36 trabalhadoras terceirizadas lactantes nas maternidades do Hospital Regional de Brazlândia, Ceilândia, Taguatinga, Samambaia e no Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib), ainda não receberam o salário e tíquete alimentação do mês maio da Empresa JDR Serviços, contratada para a prestação dos serviços pela Secretaria de Estado da Saúde do DF (SES-DF) e decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira 13.

Os vencimentos já deveriam ter sido pagos desde o último dia 6 de junho, 5º dia útil de cada mês, conforme determina a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) do Sindiserviços-DF, sindicato que representa as trabalhadoras e os trabalhadores terceirizados no DF.

O atual atraso salarial será o terceiro atraso consecutivo somente neste ano. Isso tem obrigado as trabalhadoras a terem que pagar todas as suas contas com atraso e pesada carga de juros acumulativos.

Foi o que explicou a presidente do Sindiserviços-DF, Maria Isabel Caetano dos Reis, que informa que o sindicato encaminhou comunicado do movimento paredista para a SES-DF e a empresa desde o dia 8 passado.

Porém, ressalta, que até a tarde desta sexta-feira 10, não obtiveram nenhuma resposta positiva sobre o pagamento dos vencimentos da categoria, sendo inevitável a realização da greve na próxima segunda-feira 13, finalizou Isabel.

https://www.facebook.com/SindiservicosDf/

https://www.facebook.com/Sindicato-dos-Trabalhadores-Terceirizados-Sindiservi%C3%A7os-DF-100602282684702

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × 2 =