Sem salários, os terceirizados em greve no Zoológico vão aguardar em casa resultado da audiência pública no MPT  

postado em: Notícias | 0

 

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Oliveira Silva

Sem condições financeiras e em greve devido à falta dos salários e benefícios do mês de abril, que já deveriam ter sido pagos desde o último dia 6 de maio, conforme determina a Consolidação das Leis do Trabalho e a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) do Sindiserviços-DF.

Os 23 trabalhadores terceirizados na manutenção do Zoológico de Brasília, empregados da Empresa Prime – Locação de mão de obra, vão aguardar em casa a definição da audiência pública de mediação marcada para o dia 30 de maio, no Ministério Público do Trabalho (MPT).

A audiência foi requerida pela Fundação Zoológico de Brasília que se pronunciou favorável em quitar a dívida da Empresa Prime com os seus empregados, via às verbas contratuais da prestação dos serviços.

A greve da categoria teve inicio na ultima segunda-feira, 23, isso já com quase 20 dias dos pagamentos atrasados, diante às promessas de quitação da dívida.

Se utilizando da Convenção Coletiva de Trabalho do Sindiserviços-DF e nos termos do Decreto 95.247/87, Lei 7.619/87, ficam os trabalhadores desobrigados do comparecimento frente ao movimento paredista, ficando à disposição para eventuais necessidades de comparecimento.

Sindiserviços-DF – Unidas e Unidos Somos Fortes!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × quatro =