Sindiserviços-DF recorre ao MP pelo pagamento pontual dos terceirizados no GDF

| 0

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Silva

Entra ano e sai ano e o Sindiserviços-DF, sindicato que representa os trabalhadores terceirizados no Distrito Federal (DF), cobra do Governo do Distrito Federal (GDF) maior rigor na fiscalização junto as empresas prestadoras de serviços para o GDF e que constantemente atrasam salários e benefícios dos seus empregados.

 

No início desta semana, a direção do sindicato formulou denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT) contra a Empresa JDR Serviços, por novo atraso no pagamento dos vencimentos das copeiras lactantes, prestadoras de serviços nas unidades de saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES/DF).

 

O Sindiserviços-DF informa que a situação ocorre desde janeiro do ano passado, na qual a empresa obriga os seus empregados a assinar o contracheque com datas retroativas, mesmo não tendo recebido o salário.

 

O Sindiserviços-DF também denunciou o desconto ilegal nos vales alimentação das trabalhadoras que apresentarem atestado parcial de atendimento médico.

 

Incluindo, disseram, a alegação da empresa de que só consegue pagar os seus empregados, mediante o recebimento pontual da parcela contratual com o GDF.

 

Fato que o Sindiserviços-DF pretende contestar em audiência de conciliação junto ao MPT, pois a falta de repasse das faturas pelo tomador não desonera a empresa das suas responsabilidades trabalhistas com seus empregados, conforme determina a Convenção Coletiva de Trabalho do Sindiserviços-DF, finalizaram.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =