Câmara Legislativa homenageia O Dia Nacional do Vigilante

postado em: Notícias | 0

 

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Silva 

Para fortalecer e ampliar a unidade dos trabalhadores em vigilância, foi realizada na tarde dessa segunda-feira (17), na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), sessão solene que homenageou O Dia Nacional do Vigilante.

 

A data será comemorada em todo o território brasileiro na próxima quinta-feira, dia 20 de junho.

 

A Lei 13.136/2015 é de autoria do senador Paulo Paim (PT/RS) e foi sancionada naquele mesmo ano pela ex-presidente Dilma Rousseff.

 

A sessão, proposta à CLDF pelo Sindicato dos Vigilantes do Distrito Federal (SINDESV-DF) e pelo deputado distrital Chico Vigilante (PT/DF), contou com a presença da deputada federal Erika Kokay (PT/DF) e inúmeras autoridades do judiciário trabalhista, sindicalistas e segmentos da sociedade civil organizada.

 

Na abertura, Chico Vigilante se emocionou ao relembrar histórias dramáticas que viveu com seus companheiros para conquistar a carta sindical, em 14 de fevereiro de 1985, o que regularizou o Sindicato dos Vigilantes no DF e o transformou no principal instrumento de luta para a conquista da Lei 7.102/83, também de autoria do senador Paim, que instituiu a profissão regulamentada do trabalhador de vigilância.

 

Retirada de direitos e aposentadoria

A reforma da previdência proposta pelo governo Bolsonaro foi integralmente rechaçada e rejeitada por todos os demais oradores.

 

Todos parabenizaram os vigilantes pela importante data, considerada um referencial na luta e organização dos trabalhadores de vigilância.

 

Principalmente nos últimos anos, diante ao duro golpe que os trabalhadores estão sofrendo com à imposição da reforma trabalhista e que tem retirado direitos trabalhistas, enfraquecido a defesa do trabalhador junto à Justiça do Trabalho, atacado sistematicamente o seu poder de organização de classe em sindicatos, somente para atender o mercado financeiro especulador.

 

Demissões e atrasos de vencimentos no GDF 

A deputada Erika Kokay conclamou os sindicalistas presentes para mobilizarem suas categorias e lotarem o Congresso Nacional no próximo dia 25 de junho e impedir que a proposta de reforma da previdência de Bolsonaro seja aprovada. 

 

O que, considerou, será mais um duro golpe contra os trabalhadores mais humildes do Brasil.

 

A presidente do Sindiserviços-DF, sindicato que representa dos trabalhadores terceirizados no DF, Maria Isabel Caetano dos Reis (Dona Isabel), protestou indignada contra o Governo do Distrito Federal (GDF), afirmando que GDF vem promovendo demissões em massa de trabalhadores nos serviços de limpeza, conservação e merenda escolar na rede pública de ensino.

 

Dona Isabel aproveitou a sessão solene para também protestar contra os constantes atrasos de salários e de benefícios dos prestadores de serviços terceirizados no GDF.                    https://www.facebook.com/SindiservicosDf/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − seis =