Rollemberg é cobrado por salários atrasados  na limpeza e conservação das escolas públicas

postado em: Notícias | 0

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Oliveira Silva 
Dirigentes do Sindiserviços-DF, sindicato que representa os trabalhadores terceirizados no DF, acompanhados pelos empregados da Empresa Juiz de Fora, na limpeza das escolas públicas do Distrito Federal (DF), pressionaram o governador Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) na manhã desta terça-feira 15/08, durante evento na Administração Regional do Riacho Fundo, para que apresente uma solução imediata para o pagamento dos salários e o tíquete alimentação dos quase tres mil trabalhadores da empresa e que estão atrasados desde o ultimo dia 07/08.

 

Meio desconsertado, Rollembergo disse que espera que a empresa quite a divida ainda hoje com os seus empregados via o empréstimo concedido pelo Banco Regional de Brasília (BRB), sendo destinado para as empresas prestadoras de serviços com o Governo do Distrito Federal (GDF) regularizar suas folhas de pagamento.

 

Os empregados da Juiz de Fora também denunciaram para Rollemberg que estão recebendo retaliações e ameaça do corte do ponto pela empresa e pela Secretaria de Estado da Educação do DF (SEE/DF), por estarem em greve para reivindicar os vencimentos atuais e para dar um fim com os constantes atrasos salariais e que já ocorrem há mais de dois anos.

 

Os trabalhadores também fizeram questão destacar para o governador que estão destroçados financeiramente com os rotineiros atrasos, ressaltando que muitos estão sendo despejados por falta do pagamento do aluguel e vários profissionais estão adoecendo, se alimentando mal e vivendo de favor com amigos ou familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + treze =