O conhecimento nos torna responsáveis…

postado em: Notícias | 0

A população brasileira vive um dos momentos mais difíceis de nossa história. Após ter nossa democracia golpeada, agora o Golpe visa roubar os direitos da classe trabalhadora.

 

A reforma trabalhista, ou retrocesso trabalhista, orquestrada pelo ilegítimo Temer junto com a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), se for aprovada nos próximos dias no Senado Federal, será o maior roubo de direitos da classe trabalhadora que já ocorreu em nossa história. O retrocesso trabalhista fará com que toda a relação de trabalho e organização por categorias profissionais que existe nos dias atuais seja jogada no lixo.

 

A relação da Lei 13429/2017, da precarização de direitos e subcontratações ilimitadas, junto com a nefasta reforma trabalhista e com o PLS 116/2017, que determina o fim da estabilidade dos servidores públicos, faz com que direitos sagrados, como o 13° salário e férias, deixem de existir. A combinação destas leis também fará o desmonte do Estado, fim dos concursos públicos, legaliza trabalhos precarizados e análogos ao escravo, entre vários outros retrocessos.

 

Por isto, mais do que nunca, os dirigentes e lideranças sindicais possuem a responsabilidade de mobilizar, organizar e fazer uma forte e vitoriosa Greve Geral no dia 30 de junho. Como dizia nosso Comandante Che "o conhecimento nos torna responsáveis" e sabemos o futuro horrível que estará reservado para as próximas gerações caso sejamos omissos nesta luta contra este TEMERoso retrocesso na legislação trabalhista. 

 

Vamos para os locais de trabalho e para as ruas. Vamos parar o Brasil. Vamos à luta contra o retrocesso trabalhista e viva a Greve Geral!

Um forte abraço!

Rodrigo Britto
Presidente CUT Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =