Sindiserviços-DF e deputado Chico Vigilante lutam e garantem o emprego dos trabalhadores na merenda escolar no DF

postado em: Notícias | 0

Convidado pelo deputado Chico Vigilante (PT/DF), o secretário de Estado da Educação do DF (SEE/DF), Júlio Gregório, informou aos trabalhadores que na próxima segunda-feira (06/02), a Empresa Confere já estará contratando 134 merendeiras (os); na sexta-feira (10/02) outra empresa, por meio de contrato aditivo, estará contratando 162 profissionais; e no dia 1º de março (quarta-feira), os demais 166 trabalhares na merenda escolar estarão sendo contratados via processo licitatório da SEE/DF.
 

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Oliveira Silva 

 

 

Na manhã desta sexta-feira (03/02), quase todas (os) 462 ex-merendeiras (os) da Empresa Planalto – empresa que desistiu do contrato de prestação de serviço na merenda escolar das escolas públicas do Distrito Federal (DF), foram convidadas (os) pelo deputado distrital Chico Vigilante (PT/DF), para uma reunião no auditório da Câmara Legislativa do DF (CLDF) e que contou com a presença da presidente Sindiserviços-DF, sindicato que representa os trabalhadores terceirizados no DF, Maria Isabel Caetano do Reis (Dona Isabel), para tratar da continuidade no emprego das (os) trabalhadoras (os) nas próximas empresas contratadas pela Secretaria de Estado da Educação do DF (SEE/DF). 

 

Convidado pelo deputado Chico Vigilante, o secretário de Estado da Educação do DF (SEE/DF), Júlio Gregório, informou aos trabalhadores que na próxima segunda-feira (06/02), a Empresa Confere já estará contratando 134 merendeiras (os); na sexta-feira (10/02) outra empresa, por meio de contrato aditivo, estará contratando 162 profissionais; e no dia 1º de março (quarta-feira), os demais 166 trabalhares na merenda escolar estarão sendo contratados via processo licitatório da SEE/DF.

 

Vale ressaltar que as (os) merendeiras (os) terão o seu emprego garantido mediante a Lei nº 4.794/12, que estabelece o aproveitamento dos trabalhadores nos postos de trabalho, quando há substituição de uma prestadora de serviço por outra, mediante nova licitação. Lei de autoria do próprio parlamentar.

 

Dona Isabel, ao agradecer a presença na reunião do diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs-CUT), Antonio Almeida, disse que a luta da garantia do emprego das (os) trabalhadoras (os) começou objetivamente quando no dia 19 de janeiro passado, a direção do Sindiserviços-DF esteve reunida com o deputado Chico e uma comissão de trabalhadores da merenda escolar, com o secretária Gregorio, que assumiu o compromisso que não pouparia esforços pela recontratação de todas (os) as (os) profissionais, até pela própria experiência que já tinham no atendimento à comunidade escolar, disse na época o secretário.   

               O deputado distrital Chico, também externou a sua felicidade pelos trabalhadores terem lutado e conquistado o seu direito ao emprego e disse estar “muito feliz por poder intermediar esse processo. Foi importante a participação da direção do Sindiserviços-DF, desde o primeiro momento, e do secretário de Educação. É para isso que existe um mandato parlamentar. Para ajudar o povo e não para servir a si próprio”, finalizou.
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dezesseis =