Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Silva 
Coincidência ou não, mas um dos primeiros decretos assinados pelo ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB/DF), em 2015, foi à redução de 25% dos contratos da prestação de serviços, medida que também está sendo instituída pelo governador Ibaneis Rocha (MDB/DF) e que acaba de assumir o Governo do Distrito Federal (GDF).

 

Com a “justificativa” de equilibrar o orçamento do Estado, na pratica, o decreto provocará a demissão sumaria de milhares de pais e mães de família que são trabalhadores terceirizados nas redes públicas de ensino, saúde e demais repartições do GDF.

 

Ibaneis determina que todos os órgãos têm até 90 dias para extinguir contratos ou reduzir valores, visando racionalizar despesas.

 

A mesma medita no governo Rollemberg ampliou o caos na limpeza e conservação dos hospitais, postos de saúde e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), alem de afetar significativamente o reduzido quadro de trabalhadores na limpeza e merenda escolar pública, tendo provocado, na época, o atraso no inicio do ano letivo.

 

Ao contrario de surtir efeito favorável na economia do estado, alem de precarizar e adoecer os profissionais, os atrasos salariais da categoria tornaram-se ainda mais constantes, tendo mês, desde o inicio da desastrosa gestão anterior, que o trabalhador terceirizado levou quase 30 dias para receber os seus vencimentos.

 

A presidente Maria Isabel Caetano dos Reis, do Sindiserviços-DF – sindicato que representa os trabalhadores terceirizados no DF, também esclarece que ampliou o jogo de empurra empurra entre empresa e governo quanto às responsabilidades por parte dos trabalhadores estarem passando fome e com as suas dívidas todas atrasadas.

 

Veja também a repercussão na imprensa 

https://www.metropoles.com/distrito-federal/politica-df/reducao-de-contratos-e-certeza-de-demissoes-diz-chico-vigilante?fbclid=IwAR0Y0OYqB__T4QATCC8Slw-UATN2VGWXE9X-A6ZnZ8Es9w9f5JzBGIoQTY8

 

https://www.metropoles.com/distrito-federal/politica-df/orgaos-do-gdf-tem-90-dias-para-extinguir-contratos-ou-reduzir-valores
 

http://https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2019/01/10/interna_cidadesdf,729964/ibaneis-determina-corte-de-25-nos-contratos-em-no-maximo-90-dias.shtml