Como já é tradição, a CUT Brasília promoverá o 1º de Maio da Classe Trabalhadora, um evento construído conjuntamente com as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo em comemoração a data que é marco da luta dos trabalhadores no mundo inteiro. Este ano, a atividade reafirma as bandeiras Marielle Vive e Lula Livre, em contraposição à ofensiva das forças de direita que tentam dominar o país desde o golpe de 2016.

 

Em defesa da democracia, dos direitos, dos empregos, das aposentadorias, de Lula livre e sendo candidato nas próximas eleições, e contra a impunidade no assassinado de Marielle, o evento reunirá trabalhadores, sindicalistas, militante e estudantes. A programação terá início às 9h, no estacionamento entre a Funarte e a Torre de TV, e contará com debate político, apresentações culturais, brincadeiras para crianças e o encerramento por conta do Samba de Tapera.

 

O secretário-geral da Central Única dos Trabalhadores de Brasília, Rodrigo Rodrigues, destacou que a participação de todo conjunto da classe trabalhadora fortalecerá o embate frente ao acirrado cenário político e o avanço do Estado de exceção. “Frente a esse momento de intensas ofensivas contra nossos direitos e contra a democracia, precisamos ratificar essa data tão importante para os trabalhadores, sem nos esquecer do que ela representa e de quantas lutas enfrentamos para chegar até aqui. É um momento de celebração, mas, sobretudo, de resgate e reflexão”, apontou.

Serviço
1º de Maio da Classe Trabalhadora
Quando: 1º de maio (terça-feira), a partir das 9h
Onde: Estacionamento entre a Funarte e a Torre de TV

Fonte: CUT Brasília

http://www.cutbrasilia.org.br/site/2018/04/23/cut-brasilia-promove-tradicional-1o-de-maio-da-classe-trabalhadora/