Reunião no GDF para pagar salários e acabar com a greve na limpeza da rede pública de saúde

postado em: Notícias | 0

Por Imprensa Sindiserviços-DF

Com onze dias de atraso e em greve desde o último dia 12 de novembro, tudo indica que os mil empregados da Empresa Ipanema, na limpeza e conservação dos Hospitais Regionais de Taguatinga, Ceilândia, Samambaia, Brazlândia, Hospital Materno e Infantil de Brasília (Hmib), Hospital de Pronto Atendimento Psiquiátrico (HPAP) e postos de saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES/DF), deverão finalmente receber os salários atrasados desde o último dia 7 de novembro – 5º dia útil do mês, ainda nesta terça-feira 19.

 

A decisão ocorreu na reunião que foi realizada no final da manhã de hoje (19), na Casa Civil do Governo do Distrito Federal (GDF), na qual o governo se comprometeu em quitar parcelas contratuais da empresa para o pagamento dos salários dos trabalhadores.

 

Também ficou acordado pela empresa com a presidente do Sindiserviços-DF, Maria Isabel Caetano dos Reis (Dona Isabel) e o presidente do Sindicato dos Vigilantes (Sindesv/DF), Paulo Quadros, cuja a categoria também são empregados da Ipanema e estão com os salários atrasados em greve, que não haverá desconto dos dias em que os trabalhadores estiveram em greve para reivindicar os seus direitos.

 

A reunião foi requerida pelo deputado distrital Chico Vigilante (PT/DF), e contou com as presenças do secretário de Economia do DF, André Clemente Lara de Oliveira, o secretário da Casa Civil, Valdetário Monteiro, secretário de Saúde, Osnei Nakamuto, o secretário de Comunicação do DF, Weligton Moraes e a diretoria Executiva do Fundo de Saúde, Beatriz Gautério.

 

Na reunião, os representantes do governo fizeram questão de informar que estão se empenhando ao máximo para regularizar os editais de contratação das empresas prestadoras de serviços para o governo, exatamente para que não ocorram mais futuros atrasos nos vencimentos dos trabalhadores terceirizados e vigilantes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dezoito =